Wall St cai sob pressão de ações de crescimento e China

Publicado em 16/05/2022 11:58

Logotipo Reuters

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street caíam nesta segunda-feira, com dados pessimistas da China aumentando preocupações sobre uma desaceleração econômica global em um cenário de aperto agressivo da política monetária pelo banco central dos Estados Unidos.

Às 11:25 (de Brasília), o índice S&P 500 perdia 0,45%, a 4.005,78 pontos, enquanto o Dow Jones caía 0,13%, a 32.153,79 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 0,18%, a 11.783,83 pontos.

Os mercados de ações da China fecharam em queda e os da Europa perto da estabilidade, após dados mostrarem que a atividade econômica da China esfriou acentuadamente em abril, com os bloqueios contra a Covid-19 afetando fortemente consumo, produção industrial e emprego.

Nove dos 11 principais setores do S&P tinham declínio nesta sessão. As ações de tecnologia e de consumo discricionário perdiam 1,6% e 1,8%, respectivamente.

Amazon.com, Alphabet Inc, Microsoft Corp, Apple Inc, Tesla Inc e Nvidia Corp --grandes empresas de crescimento-- caíam entre 1,1% e 2,6%.

As ações de energia tinham desempenho superior ao subirem 1,5%.

Wall Street fechou em forte alta na sexta-feira, mas ainda assim os índices S&P 500 e Nasdaq registraram suas mais longas sequências semanais de perdas em mais de uma década.

"Os investidores estão um pouco céticos. Eles estão apenas testando as águas para ver se o rali vai continuar ou reverter", disse Robert Pavlik, gestor sênior de portfólio da Dakota Wealth Management.

(Por Amruta Khandekar)

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário