Grãos: Goldman Sachs aumenta projeções para os preços em Chicago

Publicado em 02/02/2012 10:31 1451 exibições
O banco Goldman Sachs aumentou suas estimativas para os preços da soja, do milho e do trigo nos próximos três e seis meses na Bolsa de Chicago. O aumento se deu por conta da quebra na produção da América do Sul em função da severa estiagem que atingiu o país.

De acordo com os números divulgados pelo boletim do banco nesta quinta-feira, a soja, nos próximos três meses deverá atingir os US$ 12,90 por bushel, ante a previsão anterior de US$ 12,15.

Para o milho,o aumento foi de US$ 6,30 para US$ 6,90 por bushel. Já para o trigo, a projeção do preço foi de US$ 6,20 para US$ 6,80 por bushel.

"Frente aos últimos movimentos, continuamos mais confiantes na firmeza dos preços do milho no curto prazo (três meses) e nas cotações a médio prazo da soja (doze meses). Já para os preços do trigo mantemos essa tendência de baixa para o curto prazo. Por enquanto, o milho terá que subir mais ainda para encorajar o aumento do plantio nos Estados Unidos para uma possível recomposição dos estoques ", informou o relatório do Goldman.

Com informações da Bloomberg.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Carlos Alberto Erhart Sulina - PR

    Tudo o que esses especialistas extrangeiros falam, a gente já sabia a muito tempo.

    0