À espera do USDA e de solução para Grécia, grãos fecham noturno no vermelho

Publicado em 07/02/2012 11:01 e atualizado em 07/02/2012 14:58 956 exibições
O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga nesta quinta-feira (9), seu relatório mensal de oferta e demanda. Diante de tantas notícias de quebra na safra da América do Sul, os números do departamento chegam em um momento importante para o mercado, porém, já deixam os investidores na defensiva.

Frente a isso, nesta terça-feira os futuros da soja, do milho e do trigo fecharam o pregão noturno com leves baixas. Além da expectativa para o USDA, as indefinições sobre a crise europeia também pesaram sobre os preços. 

O foco da tensão na frágil situação da economia europeia voltou a ser a Grécia. Com o cronograma bastante apertado, os investidores vêm acompanhando 
todos os processos da liberação da ajuda externa ao país com impaciência. 

O cenário é o mesmo de meses atrás e um impasse político sobre novas medidas de austeridade ainda trava a liberaçaão da ajuda. No dia 20 de março vence o compromisso do país de 14, 5 bilhões de euros, que só conseguirá ser honrado caso cheguem os recursos adicionais do FMI (Fundo Monetário Internacional) e também da União Europeia. 

Os fatores hoje, portanto, devem fazer com que os preços continuem recuando na sessão regular desta terça-feira. A chamada de abertura para a soja é de 3 a 5 pontos de baixa, para o milho d 3 a 4 pontos de baixa e o trigo deve cair de 6 a 7 pontos no início dos negócios. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário