Soja: Produtores do RS já buscam seguro

Publicado em 15/02/2012 07:15 706 exibições
Os bancos gaúchos já começaram a receber avalanches de pedidos de indenização devido aos estragos da estiagem na produção de soja do Rio Grande do Sul. De acordo com informações do jornal Correio do Povo, somente nas duas últimas semanas, a Emater recebeu 350 Comunicados de Ocorrência de Perdas (COP) de sojicultores, o passo inicial para acionar o Proagro.

Para Cezar Ferreira, coordenador de Crédito Rural da Emater, o número de ocorrências deve se equiparar ao registrado no milho, que até o ontem, dia 14, tinha 14,3 mil pedidos de perícia. A safra de soja no Rio Grande do Sul deverá encolher em 2,3 milhões de toneladas.

Ainda segundo reportagem do Correio do Povo, o seguro público federal, obrigatório para produtores que tomam crédito do Pronaf, pode ser acionado quando a perda supera 30% da expectativa da produção. O seguro cobre 100% do custeio e até 65% da renda no limite de R$3,5 mil por produtor.

O Banco do Brasil já recebeu 12.049 solicitações nesta safra, mas a certeza do ressarcimento pode levar um bom tempo, uma vez que o prazo para conclusão das análises é de até 60 dias úteis após o recebimento do laudo da empresa que realizou a vistoria. As indenizações referentes aos financiamentos serão amortizadas no saldo devedor do produtor, enquanto as indenizações referentes às parcelas de recursos próprios serão creditadas na conta do solicitante.

Com informações Correio do Povo

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário