Argentina: Governo estima safra de soja em 48 milhões de toneladas

Publicado em 01/03/2012 15:44 939 exibições
Em um discurso sobre o estado do país, no Congresso Nacional, a presidente da Argentina Crtistina Kirchner afirmou que a safra de soja deverá totalizar 48 milhões de toneladas e a de milho 22 milhões de toneladas. 

Segundo uma notícia do site Valor Online, os dados fazem parte de um relatório governamental finalizado no útlimo dia 23 de fevereiro. De acordo com o levantamento, a produção de soja registrará uma baixa de 2 milhões de toneladas e a de milho, 1 milhão de toneladas em relação à temporada anterior. A presidente atribui esse declínio à forte seca que castigo o país nos últimos meses. 

Os números frustraram os produtores argentinos, uma vez que eles esperavam um aumento na produção tanto da oleaginosa quanto do cereal. Até mesmo o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) já havia estimado um aumento para as duas culturas e havia projetado a colheita de milho em 27 milhões de toneladas e a de soja em 52 milhões de toneladas. 

Tentando aliviar o impacto dos prejuízos, Cristina disse que "a colheita de soja vai ficar dentro da média das últimas cinco safras. A cultura de milho foi a que mais sofreu, mas a diminuição será mínima". 

Além disso, a governante garantiu ainda que irá criar um mecanismo compulsório de seguro contra a seca, objetivando diminuir "o preço pago pelos produtores", além de permitir uma melhor "previsibilidade para a economia". 

Atualmente, a Argentina é o terceiro maior exportador mundial de soja, atrás apenas dos Estados Unidos e do Brasil. As vendas do complex soja somam 40% do total exportado pelo país. 

Com informações do Valor Econômico. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário