Grãos: Mercado encerra noturno em queda com realização de lucros

Publicado em 30/04/2012 10:21 e atualizado em 30/04/2012 11:05 552 exibições
A soja encerrou o pregão noturno desta segunda-feira em queda. Após a sexta-feira promissora no mercado internacional, quando a oleaginosa bateu o patamar dos US$ 15 por bushel na Bolsa de Chicago, as cotações realizaram lucros e registraram leves recuos na sessão de hoje. 

O vencimento maio, referência para a safra brasileira, foi o vencimento que registrou a perda mais acentuada, de 10 pontos, cotado a US$ 14,86. Já os demais contratos ficaram com baixas entre 3 e 6,75 pontos. 

Essa realização de lucros vem depois das expressivas altas da última sexta-feira (27), quando a soja chegou aos US$ 15, porém, fechou o dia com preços um pouco menores, no entanto, ainda em patamares importantes. 

O suporte para o mercado continua sendo o cenário de oferta ajustada e demanda aquecida. A todo momentos as expectativas para as safras de importantes países produtores da América do Sul, principalmente Brasil e Argentina, são revistas para baixo. 

Além disso, de acordo com o analista de mercado Pedro Dejneka, da PHDerivativos, o mercado vem esperando que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgue, em seu próximo relatório de oferta e demanda no dia 10 de maio, estoques finais de soja bem abaixo das expectativas. 

Dejneka disse ainda que o mercado, apesar da tendência altista bastante latente, ainda não está preparado para esses patamares de preços.

Um estudo realizado pelo Valor Data mostrou que a soja foi a única das principais commodities agrícolas comercializadas pelo Brasil no exterior que encerrou o mês de abril mais valorizada do que em março.

A oleaginosa resistiu à turbulência do mercado financeiro mundial - principalmente por conta das preocupações com a Europa, da lenta recuperação da economia norte-americana e da desaceleração do crescimento da China e a alta, em relação à média de dezembro, é de 24,97%. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário