Em Chicago, soja encerra o pregão noturno com leve queda

Publicado em 02/05/2012 11:00 438 exibições
Nesta quarta-feira, a soja encerrou o pregão noturno do lado negativo da tabela, registrando leves baixas. Além das correções de preços após as fortes altas dos últimos dias, o mercado ainda sentiu a pressão do plantio acontecendo em um bom ritmo nos Estados Unidos. Vendas especulativas também pesaram sobre as cotações. 

As perdas ficaram entre 4,75 e 8,50 pontos. Na última segunda-feira (30), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu último relatório de acompanhamento de safra informando que o plantio já está concluído em 12% da área. Na semana anterior, o dado era de 6%, percentual superior aos 2% do mesmo período do ano passado, e 5% de média.

Segundo analistas, as condições climáticas nos Estados Unidos estão favorecendo o bom andamentos dos trabalhos de campo e isso está pesando sobre o mercado nesta quarta-feira, ocasionando vendas especulativas entre os investidores. 

Porém, como já vem sendo dito há alguns dias, a tendência de alta segue presente no mercado. A oferta continua restrita e o consumo aquecido. Além disso, a demanda que seria focada na América do Sul deve ser transferida para os Estados Unidos. 

O mercado deverá seguir essa tendência de baixa e abrir o pregão diurno no vermelho, com baixa de 6 a 8 pontos nos principais vencimentos. 

O que pode limitar, porém, o recuo dos preços pode ser limitado pelo anúncio do USDA da venda de 204 mil toneladas para destinos não revelados a serem entregues na temporada 2012/13. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário