Argentina: Bolsa de Buenos Aires volta a reduzir estimativa para safra de soja

Publicado em 04/05/2012 07:30 1172 exibições
A Bolsa de Cereais de Buenos Aires reduziu, mais uma vez, sua estimativa para a safra de soja da Argentina, dessa vez, para 41 milhões de toneladas. O volume é 2 milhões de toneladas menor do que o da projeção anterior. 

Há duas semanas, a instituição apostava em algo em torno dos 44 milhões de toneladas, porém, a produtividade foi seriamente comprometida pela estiagem e só faz esse número recuar. "Os rendimentos que estamos vendo não estão conforme as expectativas", disse o analista da bolsa Esteban Copati. Ainda segundo Copati, a produtividade média tem sido de 2,6 a 2,8 toneladas por hectare, contra as projeções inicias de 2,9 a 3,1 toneladas. 

No início do ciclo 2011/12, as expectativas eram de que a safra superasse as 49 milhões de toneladas produzidas na temporada anterior. No entanto, uma forte seca provocada pelo La Niña fez com que os sojicultores argentinos adiassem o plantio, sofrendo com um período curto de safra e agora com temores de uma frente fria castigue as lavouras novamente.

Com informações do Globo Rural
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    Argentina, ensina a gente como governar...Fala que voces não tem código nenhum e que já pagaram a dívida externa e não ficam enganando, dizendo que têm reserva suficiente para liquidar e não compensa liquidar...Aí não tem mensalão e enganação de partido do govêrno...Aí não tem traira, porque só tem obstinado tentando tomar as Malvinas.. O Supremo daí é realmente Supremo, não entrega as suas terras aos estrangeiros... Se reduziram a safra de soja, pode acreditar, porque lá não tem malandro não...

    0