Chicago: Clima adverso nos EUA ainda é o foco e soja e milho avançam

Publicado em 27/06/2012 08:40 2485 exibições
O clima continua quente e seco nos Estados Unidos e esse ainda é o principal fator de alta para os preços dos grãos no mercado futuro internacional. Nesta quarta-feira (27), portanto, a soja voltou a subir na Bolsa de Chicago depois do leve recuo registrado ontem. 

Por volta das 8h20 (horário de Brasília), os principais vencimentos da oleaginosa e também do milho operavam com altas de dois dígitos. Já o trigo seguia próximo da estabilidade, com perdas de pouco mais de 1 ponto. 

Durante a madrugada de hoje, os traders voltaram a apostar nas soja diante do tempo quente e seco e da falta de chuvas em importantes regiões produtoras dos Estados Unidos, principalmente no Corn Belt.

Nesta terça-feira, os futuros da soja realizaram lucros em um movimento técnico de correção de preços depois das intensas valorizações das últimas sessões, principalmente da segunda-feira, que superou os 40 pontos. O milho, porém, manteve-se em forte alta.

Segundo o analista de mercado Glauco Monte, da FC Stone, a posição sobrecomprada dos investidores na soja requer maiores cuidados, e o mercado encontrou um bom momento para se ajustar. Já no caso do milho e do trigo, os fundos têm mais espaço para manter-se na ponta compradora do mercado, sustentando as altas registradas hoje, que ainda refletem as condições climáticas adversas nos EUA. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário