Em Chicago, grãos têm dia correção e operam com leve queda

Publicado em 05/09/2012 11:11 581 exibições
Os futuros dos grãos negociados na Bolsa de Chicago operam em queda nesta quarta-feira (5). O trigo opera em queda pela quarta sessão consecutiva e a soja recua depois das fortes altas registradas nos últimos dias e depois de ter batido máximas históricas nesta terça-feira (4). 

O momento é de bastante volatilidade para o mercado internacional de grãos que continua encontrando suporte no quadro de fundamentos positivos - com a oferta limitada e uma demanda bastante aquecida, principalmente no caso da soja - porém, sem combustível suficiente para provocar novas altas intensas como as vistas nos últimos meses. 

Portanto, como explicou o analista de mercado da PHDerivativos, Pedro Dejneka, trata-se de um momento de bastante cautela. O mercado aguarda por novidades concretas que sejam capazes de voltar a estimular os preços, e por isso, passa por essa correção técnica.  Além disso, os investidores aguardam ainda o novo relatório de oferta e demanda que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga no próximo dia 12 de setembro. 

No caso do trigo, porém, há ainda uma melhora climática nas planícies norte-americanas que pressiona as cotações do grão. As chuvas que chegaram à regiões produtoras dos Estados Unidos melhoram as perspectivas para o plantio das safras de inverno e, por isso, pesam sobre os negócios nesta quarta-feira. 

Paralelamente, o mercado se depara ainda com o dólar em alta, outro fator que exerce pressão negativa sobre as commodities agrícolas, uma vez que acaba reduzindo a competitividade dos produtos norte-americanos no mercado exportador. 

Entretanto, analistas afirmam que a tendência de alta ainda não acabou, já que os fundamentos permanecem bastante positivos. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário