Mercado interno firme nos EUA estimula altas da soja na CBOT

Publicado em 24/10/2012 09:27 839 exibições
Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago dão continuidade ao fechamento positivo da sessão anterior e operam em alta nesta terça-feira (24) na Bolsa de Chicago. Durante a sessão, os preços já chegaram a subir mais de 10 pontos. 

A finalização da colheita nos Estados Unidos e a firmeza do mercado interno norte-americano têm oferecido suporte ao mercado nos últimos dias, como explicou o analista Eduardo Vanin, da Agrinvest. Os produtores têm segurado suas vendas à espera de novos e melhores patamares de preços e isso influencia positivamente, principalmente, as posições mais curtas em Chicago. "Essa é uma realidade americana, os produtores estão evitando vender nas baixas, e com isso os processadores têm que pagar um pouco mais para conseguir o produto", explica. 

Além disso, a demanda continua ainda muito aquecida, e isso segue como um dos principais fatores de suporte para os preços. Paralelamente, o atraso do plantio da soja no Brasil também já começa a chamar a atenção dos investidores, apesar de ainda não ser o foco principal do mercado, e poderia também atuar como estímulo para novas altas. 

No entanto, ainda segundo Vanin, o mercado internacional de continua muito atento às informações sobre o cenário macroeconômico e opera com ainda mais cautela diante da crise financeira, principalmente na Uniao Europeia,e das incertezas sobre quais serão as medidas econômicas adotadas pelo novo governo norte-americano.   

Por conta disso, de acordo com o analista, ainda não se pode dizer que o mercado já exibe uma nova tendência de alta, mas sim uma estabilização dos preços. Vanin afirma também que a volatilidade deve continuar e que o mercado não deverá subir por dias consecutivos, já que ainda opera à espera de mais informações como a atuação da demanda da China e as condições climáticas na América do Sul. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário