Soja tem dia positivo e encerra a terça-feira com ligeiros ganhos na CBOT

Publicado em 30/10/2012 17:16 622 exibições
Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago encerraram a terça-feira (30) em campo positivo na Bolsa de Chicago. Durante todo a sessão a oleaginosa trabalhou no azul, chegando até a registrar altas de quase 20 pontos. Porém, depois do meio-pregão, os preços devolveram parte dos ganhos e fecharam com altas mais modestas, entre 5 e 6,50 pontos. 

O ligeiro avanço registrado hoje pelo mercado refletiu a tentativa de uma recuperação depois da expressiva baixa de ontem, quando o mercado fechou com mais de 30 pontos negativos. Para Steve Cachia, da corretora Cerealpar, o recuo foi exagerado e depois de "acomodado", o mercado olhou com mais clareza para o cenário no médio e longo prazo, confirmando que a situação de oferta e demanda ainda é bastante ajustada. 

Além disso, incertezas climáticas na América do Sul também já começam a ser observadas pelos investidores e poderiam contribuir para uma sustentação das cotações. A demanda pela soja norte-americana continua bastante aquecida, principalmente por se tratar, praticamente, da única disponível atualmente. Por conta disso, o mercado aguarda com ansiedade pela produção da América do Sul, que já conta com projeções de uma colheita cheia. 

Paralelamente, o mercado em Chicago refletiu ainda o humor mais favorável do mercado financeiro, com um melhor desempenho das principais bolsas de valores ao redor do mundo e de uma baixa do dólar nesta terça-feira (30). 

Segundo Glauco Monte, analista de mercado da FC Stone, daqui em diante o que será visto será um mercado bastante volátil, porém, suportado nos patamares atuais. “Os preços podem subir. Claro que o impacto maior veremos se isso (problemas climáticos na América do Sul) se tornar realidade e haja uma redução na safra brasileira ou um rendimento um pouco menor”, explicou. 

Veja como ficaram as cotações nesta terça-feira:



Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário