Oil World aumenta estimativa para safra de soja do Brasil e reduz para Argentina

Publicado em 22/01/2013 16:29 e atualizado em 22/01/2013 17:19
514 exibições
A Oil World, por meio de uma nota divulgada nesta terça-feira (22), aumentou sua estimativa para a safra brasileira 2012/13 de soja em 500 mil toneladas para 81,5 mil. De acordo com a consultoria, esse aumento se deve, principalmente, à condições climáticas favoráveis no país. 

Já para a Argentina, a Oil World reduziu sua projeção para 52 milhões de toneladas. O volume estimado anteriormente era de 53 milhões de toneladas e o recuo, segundo a empresa, é o clima excessivamente seco que atinge as lavouras do país. Em outubro, a estimativa para a a nação sulamericana era de 56 milhões de toneladas. 

As lavouras argentinas vêm sofrendo com condições desfavoráveis de clima desde o início do plantio dessa safra. Na época da semeadura, chuvas excessivas impediram que os trabalhos fossem feitos no tempo ideal. Agora, a falta de umidade e as altas temperaturas prejudicam o bom desenvolvimento das plantas. 

Em sua nota, a Oil World informou que caso a seca se estenda até o final de fevereiro, não só a soja, mas outras culturas de verão também serão prejudicadas e terão seu potencial produtivo afetado. 

"As condições climáticas na Argentina nas próximas semanas determinarão se o atual prêmio de risco climático sobre os preços deve ser elevado ou se nós iremos experimentar uma pressão sazonal de oferta e os preços podem ser pressionados por liquidação de fundos", completou a consultoria. 
Tags:
Por Carla Mendes
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário