Paraguai prevê recorde para safra de soja 2012/13

Publicado em 21/05/2013 14:52 e atualizado em 21/05/2013 17:04 631 exibições

Funcionários da Câmara de Exportadores do Paraguai afirmaram nesta última segunda-feira (20) que o país deverá produzir uma safra recorde de soja nesta temporada, chegando a 9 milhões de toneladas. O recorde poderá se repetir também no próximo ano-safra.

De acordo com Luis Cubilla, Gerente Técnico da Câmara, com um aumento de cerca de 6% nas áreas de plantação, principalmente nas regiões sul e leste do país, o Paraguai pode se tonar o 4° maior exportador de soja do mundo. "Houve diferenças significativas de desempenho entre as regiões, e algumas eram exorbitantes", acrescentou Cubilla. A expectativa do governo é produzir 8,2 milhões de toneladas para a safra de soja 2012/13.

De acordo com dados da Câmara, agricultores paraguaios plantaram 3 milhões de hectares no ano-safra recém-concluído, com uma média nacional de produtividade de 50 sacas por hectare.O recorde anterior era de 45 sacas. Cubilla espera que a safra 2013/14 também seja beneficiada com a boa fase da cultura, assim como nas previsões iniciais.

No litoral do Paraguai as commodities são a principal fonte da economia, onde as exportações de soja geraram US$ 2 bilhões em 2011. O país possui 37 portos fluviais, mas a infraestrutura é carente e a logística ainda é um desafio, especialmente quando comparado aos vizinhos Brasil e Argentina, grandes produtores de soja.  A Conselheira de Comércio da Câmara do Paraguai, Sonia Tomassone, aponta os dois principais desafios para o transporte da soja no país: grande congestionamento nos portos do Rio de la Plata e a navegabilidade do Rio Paraguai, que necessita de melhor dragagem. O Paraguai exporta 65% da sua soja para União Europeia e Ásia utilizando os portos argentinos e uruguaios.

Com informações da agência internacional Reuters. 

 

Tags:
Por:
Paula Rocha
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário