China aprova nova soja geneticamente modificada do Brasil

Publicado em 10/06/2013 16:23 5009 exibições
Decisão atendeu ao pedido do ministro da Agricultura, Antônio Andrade, em viagem oficial à China.

O governo chinês aprovou três variedades de soja geneticamente modificada de interesse do Brasil, conforme informou nesta segunda-feira o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, que está em visita oficial à China. Ele participou, neste domingo, em Beijing, do Foro China- America Latina e Caribe de Ministros da Agricultura.

A aprovação das variedades de soja Intacta RR2 PRO, CV127 e Liberty Link, que têm a propriedade de supressão da população de lagartas que causam muitos danos às lavouras de soja no Brasil, foi comunicada à Andrade pelo ministro da Agricultura da China, Han Changfu, durante encontro bilateral.

O ministro brasileiro, que fez o pedido da liberação, agradeceu a decisão das autoridades locais e aproveitou para esclarecer ao seu colega chinês que a agricultura tropical é mais sujeita ao ataque de pragas e ervas daninhas, por essa razão é mais dependente da contínua introdução de novas tecnologias.

Antônio Andrade lembrou, ainda, que a aprovação torna-se ainda mais significativa em função da propagação da lagarta Helicoverpa armigera em vários Estados do Brasil. Conforme o ministro, as novas sementes aprovadas pelo governo chinês já tinham seu uso autorizado no Brasil e em outros mercados, mas os produtores de soja e a empresa detentora da tecnologia estavam aguardando a aprovação chinesa, pelo fato de a China ser o principal mercado comprador da soja brasileira.

Em abril de 2013, o Brasil exportou 7,154 milhões de toneladas de soja em grãos, equivalente a US$ 3,797 bilhões. Deste total, 5,604 milhões de toneladas (US$ 2,966 bilhões) tiveram a China como destino.

“Essa decisão era ansiosamente aguardada pelos sojicultores brasileiros, visto que as empresas têm poucas semanas para embalar e distribuir o produto, a tempo do plantio da nova safra”, destacou Andrade.

O ministro propôs ainda a Han Changfu o aumento da cooperação entre a Embrapa e a Academia de Ciências Agrárias da China no campo da biotecnologia e falou sobre as oportunidades de investimento para empresas chinesas nas novas fronteiras agrícolas do Brasil, principalmente no Mato Grosso e na região conhecida como Matopiba.

A região traz novas opções de escoamento da produção no sentido norte, por hidrovias e ferrovias, viabilizadas a partir da recente aprovação da Medida Provisória dos Portos. Esses temas serão novamente abordados por ocasião da visita do vice-ministro da Agricultura da China ao Brasil, nos dias 20, 21 e 22 deste mês.

Foro China - AL

No encontro de Ministros da Agricultura da China, America Latina e Caribe o Ministro Antonio Andrade foi um dos convidados para falar na sessão solene de abertura, que foi presidida pelo vice-primeiro ministro da China, Wang Yang.

Ainda no Foro de Ministros, detalhou as prioridades brasileiras no comércio com a China, em que mencionou “a preocupação com a diversificação da pauta exportadora, a exportação de produtos de maior valor agregado e o equacionamento dos problemas de logística, um tema que interessa tanto aos produtores brasileiros como aos consumidores chineses”.

O ministro enfatizou, por fim, que esta foi sua primeira viagem internacional depois que assumiu o cargo e que “o destino não poderia ser outro, já que a China é a principal compradora dos produtos agrícolas exportados pelo Brasil”. Acompanharam o ministro na viagem o secretário de Relações Internacionais, Célio Porto, e o secretário de Defesa Agropecuária, Enio Marques.

Aprosoja comemora aprovação de soja geneticamente modificada na China

Ministro da Agricultura, Antônio Andrade, está em visita oficial ao país e informou que as variedades Intacta RR2 PRO, CV127 e Liberty Link foram liberadas para comercialização

Ascom Aprosoja
 
A China liberou a entrada de novas variedades de soja geneticamente modificada no país na manhã deste segunda (10), informou o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, que está em missão oficial. Ele participou, neste domingo, em Beijing, do Foro China- America Latina e Caribe de Ministros da Agricultura.
 
A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) comemora o resultado da visita do ministro ao governo chinês. “Esta aprovação é importante para o produtor mato-grossense, pois queríamos adotar a nova tecnologia, mas não era possível sem a liberação do nosso principal mercado”, disse o presidente da Aprosoja, Carlos Fávaro.
 
Ele ressaltou que a entidade tinha a responsabilidade de alertar os produtores rurais sobre a situação chinesa. “Se plantássemos sem a certeza de que a China aceitaria o produto, poderíamos sofrer um embargo e consequências gravíssimas para a agricultura de Mato Grosso”, explicou Fávaro.
 
A aprovação das novas variedades é um pleito da Aprosoja e, com a parceria de autoridades como o secretário de Política Agrícola do MAPA, Neri Geller, e o senador Blairo Maggi, o objetivo de dar mais segurança ao produtor rural que utiliza novas tecnologias foi alcançado. A Aprosoja Brasil também foi grande parceria neste pleito, realizando missões à China para negociar a aprovação.

Tags:
Fonte:
Mapa + Aprosoja

4 comentários

  • Noézio José Nardelli Aquidauana - MS

    parabens para o ministro da agricultura do brasil. so espero que nem uma omg venha a querer atrapanhar a conquista que os produtores brasileiros conseguirão copam esta negociação tão esperada por todos agricultores parabens senhor ministro comtunue assim por nos agricultores

    0
  • Ademar Augusto de Oliveira Querência - MT

    Importante ressaltar que, na verdade, foram aprovadas novas 3 biotecnologias, uma vez que cada biotecnologia está inserida em diversas variedades comerciais de soja. Como no caso da Biotecnologia IntactaRR2PRO, já temos mais de 10 empresas parceiras, representadas por mais de 40 variedades de soja, as quais apresentam a biotecnologia em questão. Com certeza esta biotecnologia irá melhorar em muito o MIP (Manejo integrado de Pragas) assim como aumentará a produtividade de soja no País! Realmente um dia muito importante para a Agricultura não só brasileira, mas sim mundial.

    0
  • JOSÉ DOMINGOS LEMOS TEIXEIRA Tupanciretã - RS

    Um dia marcante na produção de soja de nosso país, a tecnologia venceu o medo, temos todas as condições de alavancar ainda mais a produção de soja, vamos chegar em breve a mais de 100 sacos de soja por há, produtor rural parabéns para nós, VALEU BRASIL.

    0
  • Rui Seiti Kamimura Jr Conceição das Alagoas - MG

    Tudo muito conveniente!

    0