Soja MT: Previsão para safra 2013/14 aponta recorde de produção

Publicado em 02/07/2013 08:44 555 exibições

Pelo sétimo ano consecutivo Mato Grosso terá recorde na produção de soja, com uma previsão para a safra 2013/14 de 25,28 milhões de toneladas, 7,16% maior que na safra anterior. Junto com o recorde de produção, infelizmente, vem o recorde de custo de produção. Os produtores mato-grossenses devem desembolsar 21,55% a mais que na safra passada (relação entre o custo efetivo da safra 2012/13 com o custo maio da safra 2013/14) para semear o mesmo hectare com um gasto total de R$ 2.319,33. O custo com insumos (sementes, fertilizantes e defensivos) aumentou 24,29%, em relação à safra passada. Dentro dos insumos a maior alta foi observada na semente, de 48,79%. A elevação no valor do fertilizante foi de 21,14%. Os produtos que tiveram os maiores aumentos foram os micronutrientes, que deram um salto de 42%. Os defensivos subiram 20,96%, com o maior aumento nos herbicidas, que tiveram uma elevação de 65,28%. Porém, não houve alta no preço da soja, e o que é pior, teve queda. Se fizermos um comparativo com o ano passado, a diferença do preço CBOT para vencimento em março de ambos os anos, no final de junho de 2012 para o mesmo período deste ano, apresentou queda de 7,00%. Porém, quando comparado o preço futuro em Mato Grosso, a diferença fica ainda maior. No ano passado, em média, em julho os produtores fecharam negócios a R$ 49,00/saca, enquanto neste ano o preço foi de R$ 42,00/saca, um recuo de 14,29%. Nos últimos dias, com a elevação do dólar, o preço ficou um pouco melhor, com uma média de R$ 46,28/saca no vencimento para fev/2014.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário