À espera do USDA, soja volta a subir e amplia ganhos em Chicago

Publicado em 10/07/2013 12:57 1327 exibições

Após encerrar o pregão eletrônico em terreno misto, os futuros da soja voltaram a subir na Bolsa de Chicago nesta quarta-feira (10). Por volta de 12h30 (horário de Brasília), as posições mais negociadas subiam entre 5,50 e 10,75 pontos. O agosto/13, vencimento de referência nesse momento, vaila US$ 14,73 por bushel.

O movimento positivo do mercado reflete, segundo analistas, expectativas de que um clima mais quente e seco nos Estados Unidos nos próximos dias possa comprometer o bom desenvolvimento das lavouras. Além disso, os fundamentos seguem positivos, com uma demanda muito aquecida, inclusive no mercado interno norte-americano com as indústrias locais buscando matéria-prima, e com a escassez de produto no país. 

Paralelamente, o mercado observa os investidores buscando se posicionar da melhor maneira antes da divulgação do novor relatório de oferta e demanda que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz amanhã, 11 de julho. 

Ainda por volta de 12h30, os futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago operavam em campo misto, com o mercado também esperando pelos números do USDA e voláteis frente às incertezas climáticas nos Estados Unidos. 

Alguns analistas acreditam que o departamento norte-americanao deverá fazer um corte nas estimativas para a produção e estoques do país. 

Porém, nesta quarta-feira, os preços do cereal ainda encontram suporte no anúncio do USDA da venda de 120 mil toneladas do produto para a China com entrega para a safra 2013/14. 

No trigo, sessão de baixa na Bolsa de Chicago. Analistas afirmam que após a alta recente e às vésperas do novo boletim do USDA, os investidores optam por um movimento de realização de lucros e por isso exibem esse ligeiro recuo. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário