Soja: Indicador volta a subir com redução de estoques mundiais

Publicado em 19/08/2013 11:00
977 exibições

Vendedores brasileiros estão mais interessados em negociar após o USDA ter reduzido as estimativas de oferta norte-americana, diminuindo os estoques mundiais de passagem. Esse cenário fez as cotações da soja e dos derivados voltarem a subir nos últimos dias. Segundo pesquisadores do Cepea, para o Brasil, as cotações FOB exportação, em dólar, têm se sustentado, o que, somada à alta da moeda norte-americana, também favorece reações expressivas dos preços internos. Entre 9 e 16 de agosto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (produto transferido para armazéns do porto de Paranaguá), em moeda nacional, subiu 9,7%, fechando a R$ 70,65/saca de 60 kg na sexta-feira, 16. Ao ser convertido para dólar, moeda prevista nos contratos futuros da BM&FBovespa, o Indicador fechou a US$ 29,54/sc de 60 kg, alta de 3,28% no período.

Tags:
Fonte: Cepea

0 comentário