Com nova previsão de seca nos EUA, soja tem forte alta em Chicago

Publicado em 23/08/2013 12:20
3766 exibições

Na sessão regular desta sexta-feira (23), a soja opera com forte alta na Bolsa de Chicago e, por volta das 11h40 (horário de Brasília), o vencimento setembro /13 já era cotado a US$ 13,62/bushel, com alta de 40 pontos. Os demais contratos subiam mais de 30 pontos. Milho e trigo também avançavam. 

O foco do mercado internacional de grãos nesse momento é o comportamento do clima nos Estados Unidos e a previsão de um tempo mais quente e seco para as próximas duas semanas nas principais regiões produtoras do país. As projeções indicam ainda que a próxima semana deve contar com chuvas limitadas, o que pode provocar uma preocupante seca do solo nesses períodos de falta de umidade.

"Agora estamos no período mais crítico da safra americana (de soja), então uma semana sem chuva ou com poucas chuvas traz um nervosismo ao mercado, principalmente por conta do histórico de quebra que temos nos Estados Unidos. Assim, o que estamos vendo nessas últimas semanas é a volatilidade do mercado se baseando no clima, com os mapas mudando muito frequentemente", explicou o analista de mercado Glauco Monte, analista de mercado da FCStone. 

Nesta sexta-feira, o mercado tenta ainda se recuperar de baixas registradas ontem em função de algumas chuvas que chegaram a estados como Iowa, Minnesotta, Kansas e Nebraska. No entanto, institutos norte-americanos de meteorologia confirmam a previsão de mais seca para as próximas semanas e estimula o novo movimento de alta. 

Imagens de radar do site norte-americano AccuWeather mostram que hoje já não são mais registradas pancadas de chuvas para o coração do Corn Belt, em estados como Iowa, Illinois, Indiana, Wisconsin. O movimento que era visto com alguma precipitação ontem nessas regiões agora é registrado na região da Pennsylvania e Virginia. 

Veja a imagem de radar de 12h40 (horário de Brasília):

Imagem de Radar EUA - 23.08.2013

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário