EUA: Seca persiste e já reduz produtividade de soja e milho em Iowa

Publicado em 04/09/2013 16:21
1529 exibições

Nos Estados Unidos, as temperaturas frias durante os primeiros 19 dias de agosto mascararam o stress que a estiagem causou nas culturas em grande parte do Centro-Oeste. No caso das sementes que foram plantadas no tempo correto, o calor e a seca estão acelerando o desenvolvimento da lavoura, mas reduzindo o potencial do solo. 

"Os problemas registrados não podem ser revertidos nem se as temperaturas esfriarem e se alguns centímetros de chuva caírem", disse Roger Elmore, agrônomo da Universidade de Iowa.

O epicentro do dano é no estado de Iowa, onde a produtividade de milho, em 30 de agosto, estava reduzida em 158,75 sacas por hectare, em comparação com uma estimativa anterior de 174,62 sacas por hectare. A soja, por sua vez, deve ter uma produção de 39,7 sacas por hectare, em comparação a 54,4 sacas por hectare no ano passado, de acordo com o diretor de merchandising da cooperativa de Heartland, West Des Moines, Kent Jessen. 

"A seca, que surgiu de repente, causou danos graves e irreversíveis muito rápido", disse Jessen. Como alguns campos de soja foram plantados apenas em junho, esta soja recebeu apenas 2 milímetros de chuva.

Com informações da Bloomberg. 

Tags:
Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário