EUA 2013: Seca no Corn Belt pode exigir racionamento de soja e milho

Publicado em 05/09/2013 15:48
3139 exibições

De acordo com Darrel Good, agrônomo da Universidade de Illinois, o rendimento médio do milho americano nesta safra foi inferior ao valor de tendência por três anos consecutivos, de 2010 a 2012. O déficit na produção resultou em preços mais elevados nos anos comerciais de 2010/11 e 2011/12. O mesmo ocorreu com a soja.  

Em 2013, as expectativas eram de produções maiores do que em 2012, impulsionadas pelo aumento do consumo durante o ano 2013/14, o acúmulo de estoques no final do ano e preços muito mais baixos do que no ano anterior. No entanto, essas expectativas começaram a mudar no início de agosto, quando o tempo quente começou a prejudicar ampla área de produção nos Estados Unidos. A precipitação média nos estados de Indiana, Illinois e Iowa, por exemplo, foram as mais baixas desde 1985.

Com isso, Good acredita que o consumo talvez possa precisar ser racionado novamente em 2013/14, uma vez que ambas as culturas poderão apresentar, novamente, menor rendimento e produção. Porém, a produtividade de milho teria de ser menor do que 152,7 sacas por hectare para necessitar de racionamento. A última previsão do USDA apontou para 163,4 sacas por hectare. Para a soja, a produção deveria ser menor do que 86 milhões de toneladas para exigir racionamento, o que também não deve ocorrer.

Segundo Good, o preço médio de milho para o produtor provavelmente será maior do que o previsto há um mês, mas ele acredita que o aumento acentuado dos preços dos níveis atuais para desencorajar o consumo não deverá ser necessário. 

Perigo de incêndios

As plantações de Iowa, devido à seca, também estão bastante sucetíveis a incêndios. Qualquer sinal de fogo descartado nas terras, como um cigarro, pode ser capaz de provocar um fogo que se espalha rapidamente.

Até segundo aviso por parte dos bombeiros, as cidades de Webster County e Audubon County estão proibidas de realizar queimadas.

Com informações dos sites AG Professional e KCCI News. 

Tags:
Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário