Argentina: safra de soja deve atingir recorde de 53 a 54 milhões de toneladas

Publicado em 10/09/2013 17:16
503 exibições

Com uma maior área plantada e clima favorável, as previsões são de que a safra 2013/14 de soja na Argentina será cheia, podendo chegar a 54 milhões de toneladas. As informações são do site da Reuters.

Segundo analistas, a área plantada com soja irá se expandir em 500 mil hectares, em comparação com a última safra. Desses, 120 mil hectares devem ser áreas que antes eram destinadas à plantação de milho. A área restante eram usadas para plantios menores, como o algodão, já que os produtores investem na rotação de culturas para garantir a fertilidade do solo.

Ainda segundo a matéria, os custos crescentes para o cultivo do milho e os baixos preços finais fizeram com que os produtores optassem por plantar mais soja. As estimativas para a safra que será finalizada em julho do ano que vem giram entre 19 e 20 milhões de hectares de área plantada.

De acordo com Gustavo Lopez, chefe da consultoria Agritrend, "o milho continua registrando queda de área plantada, devido aos seus altos custos. Ele não consegue competir com a soja".

Lopez prevê uma área plantada de 19,5 milhões de hectares para a soja e uma produção de 53 milhões de toneladas. O número representa um aumento significativo em relação à produção de 2012/13, que teve 49,4 milhões de toneladas, de acordo com o Ministério da Agricultura. Já o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) prevê safra de 53,5 milhões de toneladas para a soja e 27 milhões de toneladas para o milho.    

A inflação e os custos de financiamento aumentaram durante o governo de Cristina Kirchner, que foi reeleita em 2011, com promessas de o papel do governo na terceira maior economia da América Latina. 

A safra recorde de soja na Argentina foi registrada em 52,7 milhões de toneladas, em 2009/10. A soja é a principal cultura produzida pela Argentina, seguida pelo milho. 

Com informações da Reuters.

Tradução: Fernanda Bellei.

Tags:
Fonte: Reuters

Nenhum comentário