Soja MT: Mesmo com elevação nos preços internos, comercialização não deslanchou

Publicado em 17/09/2013 08:31
393 exibições

Mesmo com elevação nos preços internos de Mato Grosso, a comercialização não deslanchou. A safra 2012/13 teve 2,35 p.p. de aumento, e encerra o mês de agosto com 96,8% da soja comercializada, faltando ainda 755 mil toneladas, enquanto no ano passado a safra já estava toda negociada. Já a safra 2013/14, que será semeada nos próximos dias, está 38,5% comercializada, tendo uma elevação mensal de 7,25 p.p., mesmo assim atrás da safra passada, quando 61,4% da produção já havia sido comercializada. Porém, quando comparada com a média dos últimos cinco anos, a partir do mês de junho, é praticamente igual. Isso mostra que o ano passado foi atípico, pois devido à seca nos EUA os preços ficaram atrativos, o que impulsionou as vendas. No mês de agosto, os preços futuros internos em Mato Grosso tiveram uma elevação de mais de 15% na média do Estado, sendo o principal fator a comercialização nesse mês. Ainda assim a elevação mensal não foi muito forte, pois os produtores estavam à espera do relatório de oferta e demanda do USDA da última quinta-feira, com esperança de queda na produção dos EUA em virtude da seca e consequente elevação nos preços, que foi o que aconteceu. A produção dos EUA caiu para 85,7 milhões de toneladas, influenciada pela seca prolongada nas regiões produtoras, porém o USDA aumentou a produção do Brasil para 88 milhões de toneladas e, desta forma, não teve grande alteração nos estoques finais, que ficaram em 71,5 milhões de toneladas. 

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

0 comentário