Soja encerra em alta na CBOT; após queda, trigo e milho também fecham acima de 12 cents

Publicado em 04/03/2014 17:01 e atualizado em 04/03/2014 17:54 1824 exibições

Nesta terça-feira (4), o mercado da soja na Bolsa de Valores de Chicago (CBOT) encerrou em alta para os contratos futuros, mantendo o movimento positivo desta manhã. Milho e trigo obtiveram uma queda em decorrência da ordem de retirada das tropas russas da Ucrânia, mas voltaram a registrar altas durante o dia, encerrando também em alta.

A soja encerrou a sessão com 13 pontos de alta, com o valor de US$14,22/bushel. A escassez de estoques americanos influencia o mercado a medida em que a soja do país não deve ser suficiente para suprir a demanda mundial. Na América do Sul, as ameaças climáticas continuam a indicar perdas nos grãos.

No Mato Grosso, o excesso de chuvas prejudicou a colheita, mas, segundo o Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), os produtores já começaram a colher na última semana, com um avanço de 11,2% na colheita.

Milho e Trigo - Segundo o analista Vinicius Ito, em entrevista para a segunda edição do Mercado & Cia., do Canal Rural, a boa utilização do milho para a produção de etanol e ração animal faz com que os preços subam. A exportação também se encontra em patamares elevados, uma vez que há boatos de que os europeus estariam procurando milho americano em função da crise ucraniana.

Para o trigo, o número de contratos em aberto reduziu, o que ajudou a exponenciar o movimento de alta. O cereal subiu 12,6 pontos, encerrando em US$643,25/tonelada.

Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário