Soja: com escassez nos EUA, mercado opera com forte alta na CBOT

Publicado em 18/03/2014 13:51 2271 exibições

O mercado de soja retomou, nesta terça-feira (18), seu intenso movimento de altas e registra bons ganhos no pregão regular da Bolsa de Chicago. Por volta das 13h30 (horário de Brasília), os vencimentos mais próximos subiam mais de 20 pontos, com o contrato maio/14 valendo US$ 14,16 por bushel, e o julho tentando recuperar o patamar dos US$ 14. 

A escassez de soja nos Estados Unidos ainda é o mais importante fator de alta para as cotações. Os estoques do país estão em níveis críticos e a demanda mundial se mantém focada na oleaginosa norte-americana. 

No acumulado do ano safra, os embarques do país já somam 38,9 milhões de toneladas frente à estimativa de exportações do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) para o ano comercial de 41,6 milhões de toneladas. 

"A exportação norte-americana real será maior do que a projeção do USDA", diz o consultor da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze.  

Paralelamente, a dificuldade de chegada da oferta da América do Sul ao mercado também tem dado impulso aos preços no mercado internacional. No Mato Grosso, maior estado produtor do país, as chuvas excessivas atrasaram a colheita, que aos poucos tem o seu ritmo sido retomado, enquanto a mesma situação pode se repetir em locais como no Rio Grande do Sul, por exemplo. 

 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário