Soja: Mercado tem movimentos técnicos e trabalha com volatilidade

Publicado em 04/06/2014 13:24 1168 exibições

Na sessão regular desta quarta-feira (4), o mercado da soja opera com volatilidade na Bolsa de Chicago, porém, tenta se manter do lado positivo da tabela. Os negócios vêm sendo marcados por movimentos técnicos e refletindo, principalmente, sobre os vencimentos de mais curto prazo. 

Ontem, em função das chamadas "rolagens de posições" - com os fundos de investimentos vendendo os contratos mais próximos e comprando os mais longos -, o mercado foi pressionado, com as perdas mais expressivas para os vencimentos mais curtos. 

Assim, tenta buscar uma recuperação no pregão de hoje, já que os fundamentos ainda são muito agressivos para o mercado e a atual situação dos Estados Unidos - onde há uma severa escassez de produto - não permite uma baixa nos preços que possa estimular um aumento da demanda, a qual continua se mostrando extremamente aquecida. 

"Ontem os grandes investidores operaram no lado negativo, tentaram a baixa máxima para buscar os lucros técnicos, mas hoje já inverteram suas posições e estão do lado de cima, justamente porque os atuais preços da soja e do milho, nesse momento, são considerados baratos para o consumidor e, automaticamente, já mostrava uma correção técnica positiva que o mercado está mostrando hoje", explica Vlamir Brandalizze, consultor da Brandalizze Consulting. 

Apesar dessa necessidade de preços mais altos que possam conter a demanda, o mercado precisa de mais informações que estimulem um avanço das cotações. Novas vendas dos Estados Unidos ou até mesmo um reajuste dos números de aumento das importações norte-americanas ou reduzindo ainda mais os estoques do país poderiam favorecer esse movimento positivo das cotações. O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga seu novo relatório de oferta e demanda no próximo dia 11 de junho (quarta-feira). 

 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário