Com expectativa de alta produtividade nos EUA, soja recua em Chicago

Publicado em 20/08/2014 07:41 1441 exibições

Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago dão continuidade ao movimento negativo registrado ontem, registrando ligeiras perdas nos principais vencimentos na manhã desta quarta-feira (20). A exceção ainda é o vencimento setembro/14, que tenta se manter do lado positivo da tabela diante da relação ajustada entre a oferta disponível e a demanda mundial muito aquecida.  

Dessa forma, enquanto a primeira posição subia, por volta das 7h40 (horário de Brasília), os demais contratos recuavam pouco mais de 4 pnotos nos contratos mais negociados. O recuo dos preços é reflexo das grandes expectativas para a nova safra norte-americana e também das boas condições de clima nos Estados Unidos. 

O Crop Tour da Pro Farmer que está sendo realizado no Corn Belt já mostra uma produtividade superior à anteriormente projetada, justificando e fortalecendo essas elevadas estimativas para a colheita americana. 

O percurso pelo Meio-Oeste já indicou um rendimento maior do que o registrado no ano passado para a soja nos estados de Indiana, Nebraska e Ohio. Hoje, o tour segue para  Indiana e Iowa, os dois principais estados produtores de soja do país. 

No quadro climático, para essa semana são esperadas novas chuvas para quase toda a área do Corn Belt. Nesse verão, os campos foram beneficiados por temperaturas mais amenas e chuvas dentro da média em quase todas as principais regiões produtoras. "Os preços da soja e do milho podem permanecer mais fracos a medida em que o clima permanece positivo e que a colheita avança", Chris Gadd, analista de mercado do Macquarie Group.  

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário