Soja amplia ganhos em Chicago e tem alta de mais de 15 pontos na tarde desta 6ª

Publicado em 05/12/2014 12:41 e atualizado em 05/12/2014 15:13 819 exibições

Os preços da soja voltaram a subir na sessão regular desta sexta-feira (5), depois de iniciarem o dia com uma ligeira realização de lucros e em campo negativo. Às 13h20 (horário de Brasília), os vencimentos mais negociados registravam ganhos de pouco mais de 4 pontos e o contrato janeiro/15 era negociado a US$ 10,16. Mais tarde, os preços ampliavam seus ganhos e, por volta das 15h, as principais posições subiam mais de 15 pontos, com o contrato maio/15, referência para a safra brasileira, valendo US$ 10,38. 

O mercado deu uma boa puxada nas cotações ontem, quando recebeu o boletim de vendas para exportação divulgado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) com número bem acima das expectativas e mostrando um compromentimento de 88%, aproximadamente, do total projetado pelo departamento para ser exportado pelo país na temporada 2014/15. 

Para Bryce Knorr, editor sênior do site norte-americano Farm Futures, esse quadro das vendas e embarques norte-americanos se mostrarem acima dos volumes registrados no ano passado "aumentam as possibilidades de o USDA reduzir seus estoques de soja no próximo boletim de oferta e demanda do próximo dia 10 de dezembro". 

Segundo Mike McGinnis, editor do portal também norte-americano Agriculture.com, alguns analistas vêm também a possibilidade de que o USDA revise ainda suas estimativas para as exportações norte-americanas. "Nós continuamos a exceder o ritmo das vendas para alcançar a estimativa do USDA para o ano comercial", disse Cory Bratland, commodity trader  da Kluis Commodities, em um relatório repercutido pelo Agriculture.com. 

O mercado, segundo sinalizam analistas, ainda  opera  de forma bastante técnica, no entanto, e por isso as direções tomadas pelos preços são frágeis e podem continuar mudando rapdidamente, como tem sido observado nos últimos dias. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário