Soja: Mercado em Chicago segue se ajustando e opera em campo negativo nesta 6ª feira

Publicado em 06/01/2017 08:04
628 exibições

Os preços da soja negociados na Bolsa de Chicago seguem recuando na sessão desta sexta-feira (6). Os futuros da commodity perdiam entre 4 e 5,25 pontos, por volta das 8h40 (horário de Brasília), nos principais contratos, com o janeiro/17 valendo US$ 9,99 por bushel. O maio/17, referência para a safra do Brasil, ainda se sustentava acima dos US$ 10 e era negociado a US$ 10,15.

O mercado internacional continua se ajustando aos fundamentos - muito focado ainda no clima da América do Sul - e já começa a especular sobre as expectativas para dois relatórios importantes que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz em janeiro, sendo um mensal de oferta e demanda e o outro, de estoques trimestrais. 

"Das últimas oito sessões, a soja tem seis de baixa em Chicago", diz a Benson Quinn Commodities, em nota desta sexta. E assim, a atenção sobre a movimentação dos fundos permanece, já que suas posições no mercado da oleaginosa são grandes. 

Ainda nesta sexta-feira chegam os novos números das vendas semanais para exportação trazidos pelo USDA e as expectativas indicam, segundo o Agrimoney, um volume entre 800 mil e 1,2 milhão de toneladas. "As exportações semanais deverão ser mais leves hoje em relação às vendas mais pesadas das últimas semanas, os feriados recentes, mas também a essa mudança da demanda para a América do Sul", explica também o reporte da Benson Quinn. 

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Soja: Mercado está travado no Brasil com dólar perdendo os R$ 3,20 e portos abaixo dos R$ 80

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário