Soja continua operando em queda na Bolsa de Chicago nesta 6ª feira, ainda de forma técnica

Publicado em 27/01/2017 07:20
707 exibições

Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago continuam recuando nesta sexta-feira (27). Por volta de 7h50 (horário de Brasília), os preços cediam entre 4 e 4,75 pontos, com o março já atuando abaixo dos US$ 10,50 por bushel e a referência para a safra brasileira - o maio/17 - valia US$ 10,54. 

O mercado internacional da oleaginosa segue atuando de forma bastante técnica, respeitando suas referências de suporte e resistência, bem como continua acompanhando seus fundamentos, os quais seguem positivos, mas ainda esperando algumas definições. 

Entre eles, ainda segue no radar dos traders o clima na América do Sul, a demanda - que segue forte, mas começa a deixar os EUA de forma mais significativa e se voltar para as demais origens - bem como a comercialização nos principais fornecedores. 

"Apesar da intensa campanha de vendas dos EUA, os norte-americanos têm perdido drasticamente seu espaço na demanda mundial para as ofertas brasileiras/argentinas de soja, desde meados de dezembro. A desvalorização do Peso e Real contribui na negociação da soja destinada para exportação, atraindo o comprador internacional com maior poder de barganha (soja mais barata). Além do mais, os exportadores EUA não estão dispostos à venderem seus estoques no atual preço, o que pode direcionar uma demanda extra (com prêmio) para o Brasil, nestes próximos dias/semanas", informou a AgResource Brasil, em seu relatório diário em parceria com a CME Group.

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Após sessão volátil, mercado da soja fecha no vermelho em Chicago nesta 5ª feira

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário