Soja sobe em Chicago na tarde desta 5ª e busca garantir recuperação após mínimas em 10 anos

Publicado em 19/09/2018 13:25 e atualizado em 19/09/2018 16:34
730 exibições

LOGO nalogo

O mercado da soja segue trabalhando em alta na Bolsa de Chicago nesta quarta-feira (19), e no início da tarde de hoje, os ganhos eram de mais de 1% entre as principais posições. Por volta de 13h05 (horário de Brasília), os preços subiam entre 7 e 7,25 pontos. 

Com isso, o novembro/18 vinha sendo cotado a US$ 8,36 por bushel, enquanto o março/19 era negociado a US$ 8,49 por bushel. 

Os preços seguem buscando uma recuperação após testarem seus mais baixos patamares em dez anos e também favorecidos pelas altas do trigo, que nesta quarta se aproximavam de 2% na CBOT. 

Buscando boas posições, os chamados 'caçadores de barganha' vão a mercado, com os fundos se posicionando na ponta compradora e estimulando os ganhos de hoje. 

De outro lado, porém, os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago seguem pressionado ainda por seus fundamentos e pelo intensificação da guerra comercial entre China e Estados Unidos em um embate que se estende desde maio. 

"Os grãos seguem pressionados pela combinação da ameaça da disputa tarifária entre China e Estados Unidos e do avanço da colheita no Meio-Oeste americano, com os produtores prontos para fazerem novas vendas, apesar dos atuais preços, para liberarem espaço em seus armazéns", dizem os analistas da consultaria internacional Allendale,Inc. 

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário