Soja: Mercado passa por correção técnica e fecha 4ª feira em alta na Bolsa de Chicago

Publicado em 31/10/2018 18:52
428 exibições

LOGO nalogo

Em um movimento de correção técnica, os preços da soja voltaram a subir e fecharam o pregão desta quarta-feira (31) em com leves altas na Bolsa de Chicago. As cotações terminaram o dia subindo entre 4,50 e 5,50 pontos nos principais vencimentos. 

O contrato novembro/18 fechou os negócios valendo US$ 8,39 por bushel, enquanto o maio/19 foi a US$ 8,78. Depois de baixas consecutivas, o mercado corrigiu parte dessas perdas e, para o consultor Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting, os ganhos poderiam ter sido ainda mais significativos. 

"O mercado já tinha caído muito e poderia ter corrigido até uns 10 pontos para cima se não fosse o dólar alto lá fora", explicou o executivo. "Mas o importante é que parou a sangria e agora vai tentar formar uma base nesses patamares. Mas, ainda não é possível dizer que os preços iniciaram uma retomada das altas", completa Brandalizze. 

Ainda de acordo com o executivo, segue a falta de notícia que possam motivar um crescimento constante dos preços, de forma consistente. E até que essas novas informações surjam, o mercado seguirá caminhando de lado. 

No entanto, como explicou o consultor, os preços da soja na Bolsa de Chicago poderiam ainda ser motivados pela retração vendedora dos produtores norte-americanos nesse momento, que começam a reduzir o ritmo dos negócios e devem voltar a fazer vendas substanciais somente no início do ano que vem. 

Além disso, previsões climáticas mostrando neve em pontos de regiões produtoras nas próximas semanas também poderiam trazer algum suporte às cotações. 

Mercado brasileiro

Mais uma vez, no mercado brasileiro, o dia foi misto para os preços da soja e interior e portos não seguiram o mesmo caminho. A maior parte das principais praças de comercialização fechou o dia com estabilidade, mas algumas marcaram baixas de até 6,49%, como foi o caso de São Gabriel do Oeste, onde a saca fechou o dia com R$ 72,00. 

Nos portos, dia estável para Paranaguá, onde o disponível fechou com R$ 86,00 por saca e a safra nova com R$ 76,00. Em Rio Grande, R$ 88,00 no disponível e R$ 88,50 pata o novembro, com, respectivamente, alta de 0,46% e queda de 0,23%. 

Nesta quarta, o dólar fechou com alta de 0,87% e valendo R$ 3,7227. Em todo outubro, porém, a moeda americana acumulou uma baixa de 7,79%, a maior desde junho de 2016, refletindo o resultado das eleições presidenciais no Brasil.

"Para o dólar cair mais daqui para a frente, é preciso algo mais concreto, notícias de medidas", comentou o diretor da assessoria de câmbio FB Capital, Fernando Bergallo à Reuters, para quem o término das eleições presidencias voltou a aproximar o exterior do mercado local. 

Leia mais:

>> Dólar fecha outubro com maior queda mensal desde junho de 2016; nesta sessão, sobe ante real

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário