Só fungicida não basta, é preciso monitorar ferrugem, diz pesquisador

Publicado em 23/11/2018 13:54
120 exibições
Primeiro caso da doença nesta safra foi registrado em Maracaju, numa lavoura na fase de enchimento das vagens

A ferrugem asiática, uma doença que afeta lavouras de soja e teve o primeiro caso desta safra confirmado segunda-feira (19) em Mato Grosso do Sul, precisa de cuidado redobrado, segundo o pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Alexandre Dinnys Roese.

Engenheiro agrônomo formado pela Unioeste, mestre em fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa e doutor em agronomia pela Universidade Federal do Paraná, Alexandre Roese é analista de apoio à pesquisa na Embrapa desde 2002. Lotado na Embrapa em Dourados desde 2007, tem experiência de campo com doenças de soja e milho.

Sobre caso confirmado nesta semana em Maracaju, o pesquisador diz que o cuidado do produtor rural funcionou, já que a doença só surgiu agora, com a lavoura em fase de enchimento de vagens.

Leia a notícia na íntegra no site Campo Grande News

Tags:
Fonte: Campo Grande News

Nenhum comentário