USDA anuncia nova venda de soja e mercado em Chicago sobe mais de 1% nesta tarde de 4ª feira

Publicado em 28/11/2018 13:50 e atualizado em 28/11/2018 14:45
1292 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) anunciou, nesta quarta-feira (28), uma nova venda de 268,748 mil toneladas de soja da safra 2018/19 para destinos não revelados. 

O mercado na Bolsa de Chicago, que espera pela reunião entre Donald Trump e Xi Jinping na cúpula do G20, se apegou ao reporte e sobe, na tarde de hoje, mais de 1%. Os futuros da oleaginosa, por volta de 13h40 (horário de Brasília), registravam ganhos de 16,75 a 18 pontos nos principais contratos. 

O maio/19, referência para os negócios aqui no Brasil, neste ambiente, já tinha de volta US$ 9,19 por bushel, enquanto o janeiro/19 valia US$ 8,93. 

As altas da soja puxam ainda os demais grãos - milho e trigo - e segue o foco dos traders na espera pelas novas informações que deverão chegar do encontro dos presidentes da China e da Argentina depois de seu encontro na reunião do G20 nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro. 

"Os ganhos são impulsionados pela cobertura de posições por parte dos traders, que buscam estar bem posicionados antes da reunião de Donald Trump e Xi Jinping no final da semana. Embora um final da guerra comercial pareça improvável neste momento, os dois presidentes poderão, ao menos, trabalhar para evitar mais penalidades", diz o analista sênior do portal norte-americano Farm Futures, Bryce Knorr. 

O mercado, ainda segundo o executivo, continua caminhando de acordo com as declarações que chegam de Pequim e Washington. No entanto, caso as altas persistam e os preços ultrapassem suas médias móveis de 50 e 100 dia, esse pode ser um fator positivo para as cotações. 

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário