Soja trabalha em campo misto nesta 6ª feira se divindo entre clima e guerra comercial

Publicado em 22/03/2019 08:30
1015 exibições

LOGO nalogo

Embora em campo misto, as cotações da soja seguem operando estáveis na Bolsa de Chicago nesta sexta-feira (22). Os futuros da oleaginosa, por volta de 8h15 (horário de Brasília), perdiam 0,25 ponto nas primeiras posições, enquanto o setembro subia 0,25 para ser negociado a US$ 9,35 por bushel. O maio, no mesmo momento, tinha US$ 9,10. 

O mercado segue se dividindo entre as preocupações com o clima nos Corn Belt e as severas enchentes que têm castigado o Meio-Oeste nos últimos dias - principalmente no caso do milho e do trigo - e a guerra comerical China x EUA. 

Os traders estão apreensivos sobre o futuro da área de plantio da nova safra americana depois dos últimos eventos climáticos - e que podem se agravar em alguns estados nos próximos dias - ao passo em que ainda carregam algum otimismo sobre um acordo entre chineses e americanos. Nesse ambiente, definir uma direção para os preços se torna ainda mais difícil. 

"A retórica política entre os Estados Unidos e a China está para ganhar um novo capítulo, com novas rodadas de encontros cara-a-cara. A expectativa da ARC continua para um fim da Guerra Comercial, com a adição de um comércio bilateral mais intenso, entre os envolvidos", segundo explica a ARC Mercosul.

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Soja: Preços sobem até R$ 2/saca nos portos e interior do Brasil com avanço em Chicago e forte alta do dólar

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário