Soja volta a atuar com estabilidade na Bolsa de Chicago nesta 5ª após baixas intensas

Publicado em 28/03/2019 08:24
782 exibições

LOGO nalogo

A euforia e a ansiedade diminuíram na Bolsa de Chicago nesta quinta-feira (28) e as cotações voltaram a operar mais próximas da estabilidade depois das baixas de mais de 12 pontos no pregão anterior. Por volta de 7h45 (horário de Brasília), os futuros da oleaginosa subiam entre 3 e 3,25 pontos nos principais vencimentos, com o maio/19 valendo US$ 3,90 por bushel. 

O mercado internacional retoma sua cautela preparando-se para os relatórios que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz nesta sexta-feira, 29 de março, atualizando a situação dos estoques trimestrais e as primeiras projeções oficiais de plantio da safra 2019/20. 

Além disso, são retomadas também as conversas entre China e Estados Unidos nesta quinta, o que mantém o mercado atento e na defensiva à espera de qualquer nova informação. Entretanto, é sabido também que o mercado está saturado de rumores que não se confirmam há mais de um ano sobre isso. 

Nesta quinta também, atenção aos dados de vendas semanais para exportação que o USDA traz. As expectativas do mercado variam de 500 mil a 1 milhão de toneladas. 

O mercado internacional está atento também ao andamento do dólar no Brasil. A disparada de ontem levou o país a realizar vários negócios dado a sua maior competitividade e atratividade frente aos importadores e ajudou a pressionar Chicago. 

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

>> Soja sobe até R$ 2 no Brasil e bons negócios são fechados nesta 4ª com suporte do dólar

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário