Soja segue em alta nesta 3ª feira em Chicago refletindo plantio lento nos EUA

Publicado em 21/05/2019 07:40
3057 exibições

LOGO nalogo

O clima e o plantio da safra nova continuam sendo preocupações nos Estados Unidos e os preços da soja têm novas altas na Bolsa de Chicago nesta terça-feira (21), dando continuidade às altas da sessão anterior. Perto de 7h30 (horário de Brasília), as cotações subiam pouco mais de 6 pontos nos principais contratos. O julho tinha US$ 8,38 e o agosto, US$ 8,45 por bushel. 

"O mercado continua refletindo o ritmo ainda lento do plantio e as próximas previsões mostrando mais chuvas para os próximos dias. A expectativa sobre muitos hectares serem destinados ao seguro do Prevent Plant também está no radar dos traders", explicam os consultores da consultoria internacional Allendale, Inc. 

O plantio da soja evoluiu, em uma semana, de 9% para 19% da área americana, enquanto as projeções dos traders variavam de 17% a 25%. As médias esperadas por especialistas internacionais eram de 22%; 17% e 21%. No ano passado, nessa mesma época, os EUA já tinham 53% da semeadura concluída e a média dos últimos cinco anos é de 47%. 

Leia mais:

>> USDA: Índices de plantio de soja e milho nos EUA seguem refletindo atraso da safra nova

Os traders permanecem também acompanhando a questão da guerra comercial - ainda sem uma solução no horizonte - e também nas novas informações sobre a situação da peste suína na China. 

A nação asiática informou outro caso da doença, reportada na província de Sichuan, em uma fazenda com 429 porcos. Ao mesmo tempo, nos EUA, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) vai começar a fazer testes para a peste em animais mortos ou doentes. 

Veja como fechou o mercado nesta segunda-feira:

>> Soja fecha em alta em Chicago e preços sobem mais de 1% nos portos e interior do BR

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário