Soja perde mais de 10 pts em Chicago nesta 4ª feira e se reposiciona antes de novidades sobre safra americana

Publicado em 19/06/2019 18:22 e atualizado em 20/06/2019 10:45
1413 exibições

LOGO nalogo

O mercado da soja fechou a sessão desta quarta-feira (19) com baixas de mais de 10 pontos na Bolsa de Chicago. O julho recuou 10,25 pontos para ficar em US$ 9,03 por bushel, enquanto o agosto foi a US$ 9,09, perdendo 10,75 pontos.

Segundo explicaram os analistas da ARC Mercosul, faltaram novidades fortes o suficiente para sustentar o movimento de alta intensa dos últimos dias e o mercado se reposicionou à espera dessas novas informações.  

"A discussão mais frequente nos bastidores da CBOT tem sido sobre os reais efeitos negativos das intempéries climáticas durante o período de plantio norte-americano", diz a ARC. E a especulação continua da área aos estoques norte-americanos. 

Os olhos dos traders e demais participantes do mercado têm se voltado mais de uma vez ao dia às atualizações dos mapas climáticas e, semanalmente, aos boletins que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz sobre a evolução dos trabalhos de campo - que ainda são realizados em função dos atrasos causados pelo clima - e do desenvolvimento das lavouras. 

Leia mais:

>> EUA: Mercado especula área e produtividade com mais chuvas previstas até fim de junho

Para os próximos 7 dias, o NOAA, o serviço oficial de clima do governo norte-americano, espera por mais chuvas fortes nos estados mais a leste do país. Como vem sendo observado há alguns dias, Missouri, Illinois, Indiana e Ohio deverão receber os acumulados maiores, que podem passar de 80 mm em algumas regiões até 26 de junho. 

NOAA 7 dias

No entanto, as sinalizações de uma ligeira melhora podendo ser observada no começo de julho no Corn Belt ajudou a pesar sobre o mercado nesta quarta-feira. 

Outro fator que segue sendo acompanhado mais de perto há alguns dias é a guerra comercial e a possibilidade de uma retomada das negociações entre China e Estados Unidos. Xi Jinping e Donald Trump devem se encontrar na próxima reunião do G20, no Japão, no final deste mês, e podem trazer novas informações relevantes ao mercado. 

MERCADO BRASILEIRO

Os preços da soja no mercado brasileiro acompanharam as baixas e também encerraram o dia em campo negativo. Nos portos, as perdas foram de 0,59% a 0,60%, com o disponível em R$ 83,00 por saca em Paranaguá e Rio Grande. Para julho, R$ 84,00 no terminal paranaense e R$ 83,50 no gaúcho. 

As perdas no interior variaram entre 0,69% e 2,08%. 

Tags:
Por: Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário