Soja testa leves ganhos em Chicago nesta 2ª com recuperação depois das últimas baixas

Publicado em 28/10/2019 09:08 809 exibições

LOGO nalogo

O mercado da soja trabalha com leve alta nesta manhã de segunda-feira (28) na Bolsa de Chicago, buscando recuperar parte das últimas perdas intensas da sexta-feira (25). Perto de 8h50 (horário de Brasília), os principais contratos subiam entre 2 e 2,50 pontos. 

Com isso, o novembro/19 tinha US$ 9,22 e o maio/20, US$ 9,60 por bushel. Segundo analistas e consultores, o mercado mantém sua movimentação ainda bastante tímida e limitada à espera de novas notícias. 

"Clima irregular nas Américas atrapalhando a colheita nos EUA e o plantio no Brasil, compras novas de soja americana pela China e sinais de acordo mais duradouro na guerra comercial EUA/China são entre os fatores capazes de oferecer suporte", diz Steve Cachia, consultor da AgroCulte e da Cerealpar. 

No entanto, reafirma, que tudo isso necessita de confirmação para que possa trazer alguma influência ao andamento das cotações. 

No final do dia, após o fechamento do pregão na CBOT, o USDA (Departamento de Agricultura doa Estados Unidos) traz seu novo reporte semanal de acompanhamento de safra. E as expectativas do mercado indicam que a colheita da soja possa estar concluída nos EUA em 65%, contra 46% da semana passada e se aproximando do índice de 69% de 2018. A média dos últimos cinco anos é de 78%. 

Veja como fechou o mercado na última sexta-feira:

>> Com falta da China no mercado dos EUA, soja fecha com baixas de dois dígitos em Chicago 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário