China compra soja dos EUA após Pequim conceder novas isenções de tarifas

Publicado em 09/12/2019 15:58
217 exibições

LOGO REUTERS

Por Karl Plume

CHICAGO (Reuters) - Importadores chineses de soja compraram nesta segunda-feira ao menos cinco carregamentos da oleaginosa norte-americana, ou cerca de 300 mil toneladas, para embarque em janeiro e fevereiro, após Pequim ter oferecido aos compradores ao menos 1 milhão de toneladas em novas isenções tarifárias, disseram exportadores dos EUA.

A nova concessão de isenções tarifárias, que livra os importadores de tarifas 30% mais altas sobre embarques dos EUA, vem após isenções concedidas a 10 milhões de toneladas em outubro, de acordo com operadores.

A China impôs altas taxas à soja e a outros produtos agrícolas norte-americanos em retaliação às tarifas aplicadas pelos EUA sobre produtos chineses ao longo da guerra comercial entre os dois países, que já dura 17 meses e afetou fluxos globais de grãos, mercados e o crescimento econômico mundial.

As compras desta segunda-feira, as maiores em pelo menos duas semanas, de acordo com dados do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês), ocorrem poucos dias antes do prazo de 15 de dezembro, quando o presidente norte-americano, Donald Trump, disse que irá impor uma nova rodada de tarifas sobre bens chineses.

A China afirmou nesta segunda-feira que espera chegar a um acordo comercial com os EUA o mais rápido possível, antes que as novas tarifas entrem em vigor.

Os contratos futuros da soja na bolsa de Chicago registravam seu mais forte rali em dois meses nesta segunda-feira, com o contrato janeiro ultrapassando a marca de 9 dólares por bushel pela primeira vez em duas semanas.

(Por Karl Plume em Chicago, com reportagem adicional de Julie Ingwersen)

Tags:
Fonte: Reuters

0 comentário