Soja segue caminhando com estabilidade e com ligeiros ganhos nesta 4ª feira em Chicago

Publicado em 20/05/2020 08:18 e atualizado em 20/05/2020 10:57 1031 exibições

LOGO nalogo

Nesta quarta-feira (20), os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago trabalham com leves altas, mas ainda mantendo-se estável diante da falta de notícias efetivas. Perto de 7h40 (horário de Brasília), os preços subiam entre 1,25 e 3,50 pontos, levando o julho a US$ 8,46 e o agosto, US$ 8,48 por bushel. 

O mercado continua se dividindo entre o clima nos EUA e o avanço da safra 2020/21, que caminha muito bem, e as perspectivas de demanda por soja norte-americana pela China. As expectativas são de que os chineses olhem mais para a oleaginosa dos EUA diante da baixa disponibilidade de produto dos EUA e da melhor competitividade americana. 

No entanto, os traders precisam de informações mais fortes que possam movimentar o mercado de forma mais intensa e duradoura. Por enquanto, caminha de lado e sem uma tendência definida. 

Enquanto isso, no Brasil, as oportunidades continuam aparecendo, principalmente para a safra 2020/21, que já está mais de 30% comercializada. Segundo o analista de mercado d Marcos Araújo, da Agrinvest Commodities, os negóicos com a nova temporada podem garatir margens operacionais recordes. 

Veja como fechou o mercado nesta terça-feira e a íntegra da entrevista de Araújo ao Notícias Agrícolas:

>> Venda antecipada de soja da safra 2020/21 pode garantir margens operacionais recordes. Brasileiros já negociaram 30% da safra

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário