USDA informa nova venda de soja nesta 6ª e volume na semana passa de 800 mil t; Chicago sobe

Publicado em 12/06/2020 11:25 e atualizado em 12/06/2020 12:33 1631 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) informou sobre uma nova venda de soja nesta sexta-feira (12). Foram 120 mil toneladas da safra 2020/21 para destinos não revelados. Este é o segundo anúncio da semana e juntos os dois já somam 840 mil toneladas. Ontem, foram 720 mil toneladas para a China e o mercado especula que este novo volume também tenha sido para a nação asiática. 

O anúncio e as perspectivas de uma melhor demanda da China nos EUA favorece as cotações da soja na Bolsa de Chicago. Perto de 11h15 (horário de Brasília), os futuros da oleaginosa subiam entre 6,25 e 6,75 pontos, com o julho sendo cotado a US$ 8,72 e o agosto, US$ 8,74 por bushel. 

A maior parte das novas compras chinesas são para embarques em outubro e novembro e alguns carregamentos, segundo a agência internacional de notícias Bloomberg, para dezembro. As estatais optam mais por carregar sua soja nos portos do Pacífico, enquanto as empresas privadas têm preferência pelo Golfo. 

As compras chinesas seguem acontecendo no mercado norte-americano mesmo com as relações entre os dois países ainda bastante difícil e muito distante de um consenso. Para muitos analistas e consultores de mercado, os governos de Donald Trump e Xi Jinping já não mais encontrarão espaço para um acordo sólido e consistente. 

O mercado já esperava por essas informações dada a necessidade da China de se abastecer com mais soja pelos próximos meses, algo próximo de 40 milhões de toneladas, e o Brasil já não tinha mais como atender à toda essa demanda. Há apenas pouco mais de 12% da safra 2019/20 ainda não comercializada e o volume deverá ser disputado entre o consumo interno e mais alguma coisa que sairá para exportação. 

Assim como as vendas antecipadas têm índice recorde nesta temporada, também têm os embarques brasileiros de soja, que passam de 50 milhões de toneladas. 

Tags:
Por:
Carla Mendes| [email protected]
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Martins Kampa

    Como assim? Continua vendendo para o inimigo? Inimigo? SQN.

    0
    • Geraldo Emanuel Prizon Coromandel - MG

      Ao contrario, é o inimigo que não tem mais onde comprar.... mas precisa comer.

      1