China compra mais 132 mil t de soja dos EUA nesta 3ª feira com demanda intensa

Publicado em 11/08/2020 12:18 443 exibições

LOGO nalogo

Mais 132 mil toneladas de soja foram compradas pela China dos Estados Unidos nesta terça-feira (11). O anúncio parte do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), é o segundo da semana e mostra que todo o volume refere-se à temporada 2020/21. Entre ontem e hoje, as vendas norte-americanas já totalizam 831 mil toneladas e maior parte têm como destino a nação asiática. 

O mercado segue monitorando a demanda chinesa nos Estados Unidos conhecendo a necessidade crescente do país e a pouca disponibilidade de produto brasileiro neste momento. Ainda assim, para a safra nova, as compras da China também se mostram bem presentes no Brasil. 

Ainda assim, os traders precisariam ver compras ainda mais agressivas, além de frequentes como têm acontecido, para que se promovesse uma mudança na direção dos preços da soja na Bolsa de Chicago. As perspectivas de uma grande safra vinda dos EUA na temporada 2020/21 mantém certa pressão sobre as cotações, principalmente à espera do novo relatório mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) que chega nesta quarta-feira (12). 

Perto de 12h10 (horário de Brasília), as cotações subiam entre 1 e 3 pontos, com o agosto valendo US$ 8,79 e o novembro, US$ 8,75 por bushel. O mercado passa para o campo positivo depois de iniciar o dia operando no vermelho, com leves baixas. 

Os novos números, segundo as expectativas do mercado, pdem indicar um aumento na produtividade, produção e estoques norte-americanos de soja dadas as boas condições de clima que seguem favorecendo o desenvolvimento da nova safra. 

No boletim semanal de acompanhamento de safras, o departamento americano mostrou que o índice de lavouras de soja em boas ou excelentes condições passou de 73% para 74% até o último domingo, enquanto o mercado esperava uma redução para 72%. Há 92% dos campos em fase de floração e 75% em formação de vagens, contra 85% e 59%, respectivamente, na semana anterior. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário