Soja segue rally e sobe mais de 1% nesta manhã de 6ª feira na Bolsa de Chicago

Publicado em 18/09/2020 07:57 e atualizado em 18/09/2020 11:26 2109 exibições

LOGO nalogo

Os preços da soja sobem mais de 1% na Bolsa de Chicago na manhã desta sexta-feira (18). O mercado mantém consistente seu movimento de avanço e já chega a US$ 10,43 por bushel no janeiro/21. O maio tinha US$ 10,30 e o julho, US$ 10,31 por bushel. De acordo com analistas e consultores, as compras da China continuam sendo o principal combustível para os ganhos intensos na CBOT. E assim, a oleaginosa consolida ainda sua sexta semana seguida de altas. 

"A demanda da China é realmente muito forte e a soja americana continua competitiva, dando boas margens de esmagamento aos chineses", disse um trader de Cingapura ao portal internacional Market Screener. Somente nesta semana, pelos reportes diários do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), as vendas americanas passam de 1 milhão de toneladas. 

E sobre a demanda forte, o consultor de mercado Steve Cachia, da Cerealpar e TradeHelp, complementa dizendo qua "a demanda e preços para óleos vegetais estão explodindo enquanto a China continuar comprando grandes volumes de soja dos EUA. O Brasil está sem soja para exportar e começa a importar oleo de soja da Argentina".

Mais do que isso, afirma ainda que o clima incerto no Brasil também é uma preocupação e, consequentemente, um fator de suporte para as cotações da oleaginosa em Chicago. 

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira: 

+ Soja sobe em Chicago e altas nos vencimentos mais curtos indicam força da demanda nos EUA

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário