Soja sobe forte na Bolsa de Chicago e se aproxima dos US$ 12 com alta de mais de 3% na semana

Publicado em 20/11/2020 07:59 e atualizado em 20/11/2020 10:52 2236 exibições

LOGO nalogo

Depois do ajuste da sessão anterior, o mercado da soja volta a subir forte em Chicago nesta sexta-feira (20). Os futuros da oleaginosa, por volta de 7h40 (horário de Brasília), subiam entre 11 e 12 pontos, com o janeiro valendo US$ 11,89 e o março, US$ 11,88 por bushel. 

+ Mundo não tem estoques de soja e cenário é de escassez global soberana, diz Liones Severo

"O momento fundamental segue extremamente favorável a mais suporte para os preços, mesmo com chuvas benéficas no Brasil podendo pressionar e levar alguns a garantir lucros", explica Steve Cachia, consultor de mercado da Cerealpar e da TradeHelp. 

Mais do que isso, o especialista cita em sua análise ainda a falta de produto nos Estados Unidos. "Na nossa opinião não há como os EUA fecharem o ano com soja nas mãos, os números não fecham", diz. Cachia completa citando uma disputa que será recorrente do 'alimento vs. combustível', "polêmica que não se vê desde 2012. 

"O mercado americano terá que entrar em processo de racionamento do produto, que em mercados transparente só é possível via preços ainda mais altos", explica. 

Assim, o mercado futuro norte-americano da soja passa por mais uma sessão traduzindo sua tendência firme, positiva e os fundamentos que alimentam a escalada dos preços, que já acumulam um ganho de mais de 3% na semana em Chicago. 

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

+ Soja: Com negócios 'seguros' para safra atual, produtor brasileiro foca nas estratégias para 2021/22 diante do momento favorável

 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário