Soja testa ligeiros ganhos na retomada dos negócios em Chicago nesta 6ª feira

Publicado em 27/11/2020 13:14 e atualizado em 29/11/2020 10:18 480 exibições

LOGO nalogo

O mercado retomou seus negócios na Bolsa de Chicago e os futuros da soja voltaram do feriado do Dia de Ação de Graças nos EUA operando em campo positivo no início da tarde desta sexta-feira (27). Os principais contratos, por volta de 12h55 (horário de Brasília), subiam entre 5 e 5,75 pontos, levando o janeiro a US$ 11,89 e o março a US$ 11,90 por bushel.

Os traders seguem focados em questões já conhecidas como o clima ainda irregular na América do Sul - e a chegada de algumas chuvas em regiões que vinham precisando muito de um melhor cenário climático - e também em uma demanda intensa que vem sendo conduzida, especialmente, pelas necessidades crescentes da China. 

Nos números trazidos nesta sexta pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Undidos), as vendas semanais norte-americanas para exportações vieram um pouco mais fracas, mas dentro das expectativas do mercado. 

As vendas semanais de soja norte-americana foram de 768,1 mil toneladas e registraram sua mínima da temporada. O volume é 42% menor do que o registrado na semana passada e e 47% se comparado à média das últimas quatro semanas. A China permanece como principal destino da oleaginosa dos EUA. 

Em todo ano comercial, as vendas de soja do país já somam 51,930,7 milhões de toneladas do total estimado pelo USDA para ser exportado de 59,88 milhões de toneladas. Há um ano, o total acumulado era de pouco mais de 25 milhões de toneladas. 

O mercado também busca manter-se na defensiva frente ao final de semana e às espera de novas notícias que possam vir a movimentar o direcionamento das cotações. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário