Soja: Mercado deixa estabilidade e passa a operar em campo negativo em Chicago nesta 2ª

Publicado em 01/02/2021 12:48 782 exibições

LOGO nalogo

A estabilidade que permanecia entre os preços da soja negociados na Bolsa de Chicago nesta segunda-feira (1) foi colocada de lado no início da tarde. Os futuros da oleaginosa, por volta de 12h40 (horário de Brasília), recuavam de forma bastante expressiva, especialmente nas posições mais próximas. 

O março tinha US$ 13,59, com queda de 11 pontos, enquanto o agosto valia US$ 12,94, registrando baixa de 4,75 pontos. A semana começa lenta não só para a soja, mas também para o milho na CBOT. 

O mercado precisa de novas notícias para voltar a se posicionar de forma mais incisiva, olhando ainda para o clima na América do Sul e o desenvolvimento da colheita no Brasil. De acordo com informações da AgRural, apenas 1,9% da área já foi colhida, sendo o índice mais baixo para o fim de janeiro desde a safra 2010/11. 

Leia Mais:

+ AgRural: Soja colhida no Brasil não chega a 3 mi de t; chuva dificulta

Os traders também dão sequência aos seus reajustes mesmo diante de novas notícias do lado da demanda, com o anúncio do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) com vendas de milho e farelo de soja nesta segunda. 

Paralelamente, segue a atenção também sobre o andamento do mercado financeiro, a movimentação do dólar e à oferta norte-americana ainda bastante limitada. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário