Soja: Bolsa de Chicago trabalha com estabilidade nesta 5ª feira à espera de novidades

Publicado em 04/03/2021 07:55 1548 exibições

LOGO nalogo

O mercado da soja opera em campo misto nesta manhã de quinta-feira (4) na Bolsa de Chicago. Por volta de 7h50 (horário de Brasília), o contrato março subia 8 pontos, para ser cotado a US$ 14,18 por bushel, enquanto o maio tinha estabilidade nos US$ 14,07 e o agosto recuava 0,50 ponto para US$ 13,47. 

Os traders seguem cautelosos, acompanhando cenários já conhecidos e esperando por novas notícias que possam impulsionar as cotações de forma mais intensa. 

Hoje, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz seu novo boletim semanal de vendas para exportação e os números, a depender do seu teor, poderiam exercer aglum efeito, mesmo que pontual, sobre as cotações. 

Ademais, os traders ainda monitoram o clima na América do Sul, que segue bastante desfavorárel no Brasil com o excesso de chuvas na região Centro-Norte dificultando a colheita e na Argentina, onde o tempo mais seco e quente compromete o desenvolvimento das lavouras. 

Leia Mais:

+ Problema da chuva foi a intensidade com que chegou no MT e Matopiba, avalia Paulo Sentelhas

+ Excesso de chuvas em importantes regiões reduz safra de soja do BR; fotos e vídeos

No paralelo, atenção ainda à demanda da China, que se mostra menos intensa neste momento diante de novos surtos de zoonoses que estão sendo identificados, entre eles de Peste Suína Africana. 

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

+ Soja: Mercado brasileiro tem 4ª feira de altas generalizadas impulsionadas pelo dólar alto

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário