Soja volta a subir forte em Chicago e registra altas superiores a 1% nesta 4ª feira

Publicado em 04/03/2021 14:36 e atualizado em 04/03/2021 15:29 489 exibições

LOGO nalogo


Os preços da soja negociados na Bolsa de Chicago voltaram a subir forte na tarde desta quinta-feira (4). Por volta de 14h (horário de Brasília), as cotações registravam altas de 12,50 a 22,25 pontos, com as altas mais fortes sendo registradas nas posições mais próximas. Assim, o março já tinha US$ 14,23, o maio US$ 14,29 e o agosto, US$ 13,64 por bushel. 

O mercado ganhou mais força nesta quinta depois da chegada do novo boletim semanal de vendas para exportação pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). Apesar de baixas, as vendas vieram dentro das expectativas do mercado e elevando o total já acumulado no país a 60,149,1 milhões de toneladas. Para toda a temporada, as exportações são esperadas em 61,24 milhões, o que sinaliza que os estoques americana, portanto, seguem bastante pressionados.

"O programa de exportação já está mais de 97% concluído e os EUA vendendo muita soa. Além disso, o apetite da indústria americana também deve ser maior, com novos investimentos anunciados", explicam os analistas da Agrinvest Commodities. 

Ao grão, os futuros do óleo de soja, que também sobem forte na CBOT, são outro catalisador dos ganhos nesta quinta, ainda de acordo com a consultoria. 

Leia Mais:

+ Cargill expande processamento de soja nos EUA de olho em maior demanda por alimentos

Ademais, os traders ainda monitoram o clima na América do Sul, que segue bastante desfavorárel no Brasil com o excesso de chuvas na região Centro-Norte dificultando a colheita e na Argentina, onde o tempo mais seco e quente compromete o desenvolvimento das lavouras. 

No paralelo, atenção ainda à demanda da China, que se mostra menos intensa neste momento diante de novos surtos de zoonoses que estão sendo identificados, entre eles de Peste Suína Africana. 
 

Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário