China marca semana com boas compras de soja no BR e nos EUA com cerca de 20 barcos negociados

Publicado em 05/08/2022 14:53 e atualizado em 05/08/2022 15:33

Logotipo Notícias Agrícolas

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) informou vendas de soja para a China e destinos não revelados nesta sexta-feira (5). Foram 132 mil toneladas para cada um dos destinos e o volume é todo da safra 2022/23. As vendas feitas no mesmo dia, para o mesmo destino e com volume igual ou superior a 100 mil toneladas devem sempre ser informadas ao departamento americano. 

As vendas acontecem mesmo diante de todas as especulações do mercado sobre as relações comerciais - políticas, militares, diplomáticas e de todas as demais naturezas - entre China e Estados Unidos estarem ainda mais estremecidas desde a visita nesta semana de Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, a Taiwan. 

"Nessa semana se fala em mais de 20 navios negociados para China entre Brasil e os EUA. Grande parte das vendas foram concentradas para setembro do Brasil. Traders comentaram sobre 4 navios do PNW e 4 do Golfo, afastando os piores temores de que a China poderia reduzir as compras após uma semana de rápida escala das tensões envolvendo Taiwan. O Brasil já não é a origem mais barata posto China para embarque setembro e outubro", explicou o analista de mercado Eduardo Vanin, da Agrinvest Commodities.

E a oferta brasileira já não é a mais barata neste momento também em função de um menor volume que ainda poderia ser exportado depois da quebra severa registrada na safra 2021/22. De acordo com o analista, o Brasil teria algo entre 10 e 11 milhões de toneladas, contra 16 milhões de toneladas que foram embarcadas no mesmo período do ano passado. 

Assim, somente nesta quinta-feira (5), os traders comentaram sobre vendas de oito barcos de soja dos EUA para os chineses, já que para setembro e outubro o valor da oleaginosa CFR - custo e frete - China o produto americano é mais competitivo. 

Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Alvaro Andrade Biollo

    A reportagem sobre a exportação de soja fala sobre a quebra severa no Brasil na safra 21-22 entretanto vcs mesmos dizem que a safra foi recorde!!!!!?!!

    0